Programa Saúde na Escola realiza exames de Covid-19 em alunos da Rede Municipal de Ensino

Visando gerar mais segurança no retorno dos alunos da Rede Municipal de Ensino às unidades escolares, as secretarias de Saúde e Educação estão realizando exames de Covid-19 rotineiramente nos estudantes. A atividade é desenvolvida através do Programa Saúde na Escola. 

Com o serviço, a Prefeitura possibilita o acompanhamento da saúde das crianças que retornaram às salas de aula a partir do mês de agosto. “Queremos verificar se haverá impactos nas curvas de contaminação de nossa comunidade escolar após retorno às atividades presenciais da escola podendo, assim, auxiliar em novas decisões mediante avaliação do quadro epidemiológico obtido por meio do resultado da testagem”, informou a secretária de Saúde do município, Izabel Mendonça.

Ao todo, dois tipos de testes são oferecidos: o RT-PCS (Swab), do cotonete, e o rápido (PCR – Retirada de uma pequena amostra de sangue). Importante destacar que os exames são feitos nos alunos com o consentimento dos responsáveis. Até o momento, 1.224 testes foram realizados. 

Segundo a secretária de Educação, Ana Paula, a testagem de alunos terá outro grande benefício: “será uma ferramenta para a própria Secretaria de Educação tomar decisões em relação à segurança dos estudantes, dos professores e dos servidores das unidades educacionais”.

Como funciona caso um aluno teste positivo

No caso de alunos que apresentem algum sintoma dentro das dependências escolares, os pais/responsáveis deverão ser informados e os estudantes deverão ser encaminhados para a Unidade de Saúde mais próxima de sua respectiva residência para avaliação e monitoramento. Para os profissionais da educação, a recomendação nos casos em que os sintomas se apresentem no ambiente escolar é de que também procurem a UBS mais próxima de sua residência.

Cuidados com o retorno 

Nas escolas, permanece o uso obrigatório de máscara por parte de servidores, funcionários e alunos; distância mínima de até 1 metro entre as pessoas; quantidade máxima de alunos por sala de aula com base na capacidade de distanciamento; e alerta para evitar contatos físicos como abraços, beijos e apertos de mão, entre outros, frisou a secretária de Educação.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Skip to content