Após recomendação do Ministério Público, Comitê Municipal de Saúde delibera sobre volta às aulas

No último dia 01 de abril, representantes da Prefeitura Municipal e do Ministério Público de Três Rios e Petrópolis se reuniram, através de videoconferência, para discutir a viabilidade da volta das aulas presenciais nas escolas particulares da cidade.

No encontro, o MP recomendou o retorno das atividades escolares, deste segmento, de forma presencial. Após a solicitação, foi convocada para segunda-feira, 5 de abril, reunião do Comitê Especial de Enfrentamento à Covid para normalizar a medida.

Participaram do encontro o Prefeito Joacir Barbaglio (Joa), o Vice-Prefeito Professor Jacqueson, além das secretárias Municipais de Educação, Ana Paula Oliveira; de Saúde e Defesa Civil Izabel Mendonça, representantes das redes municipal e particular de educação, juntamente com os demais membros do comitê.

A Secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Ana Paula Oliveira, comentou sobre a decisão tomada pelo Executivo Municipal, com recomendação do Ministério Público.

“O Comitê Especial de Enfrentamento à Covid autorizou a abertura das escolas particulares em 25% da ocupação, iniciando a etapa da educação infantil, creche, pré-escola, ensino fundamente e ensino médio gradativamente, conforme a demanda das instituições de ensino particular”, comentou Ana Paula, durante uma live na rede social do Prefeito Joa.

Izabel Mendonça, Secretária de Saúde e Defesa Civil também se manifestou sobre o assunto e deu uma avaliação do sistema de saúde, e da questão pedagógica feita pelo comitê.

“Gradativamente, semana a semana, o município não entrando em bandeira roxa os outros segmentos vão dando continuidade  com 25% de ocupação”, enfatizou Izabel Mendonça.

Mostrando preocupação com a saúde dos profissionais da educação, mas acatando juntamente com o Comitê Especial de Enfrentamento à Covid, a recomendação do Ministério Público, Joa falou da importância da volta às aulas da rede pública em breve.

“A volta das aulas presenciais da rede privada foi muito difícil de ser tomada, estamos obedecendo a recomendação do Ministérios Público, mas sabemos que os alunos não estão sendo obrigados a voltar às aulas. Cada núcleo familiar decidirá se seu filho vai retornar à atividade presencial ou se prefere continuar com o ensino remoto. Devendo frisar que a direção de cada unidade particular irá respeitar o limite de 25% de ocupação. Por enquanto, estamos saindo da classificação de bandeira roxa para vermelha. Claro que estamos ansiosos para o retorno dos nossos alunos às escolas, mas isso somente será possível quando estiverem enquadradas num protocolo rígido de adequações e de medidas severas de segurança sanitária.”, finalizou Joa.

Na tarde desta terça-feira, representantes da Prefeitura se reuniram mais uma vez com representantes do Ministério Público de Três Rios e Petrópolis, na sede do Executivo Municipal, para as últimas tratativas sobre o tema e os desdobramentos desse retorno. O Ministério Público solicitou que assim que um novo decreto for publicado, o que acontecerá amanhã, 07, o documento seja encaminhado ao órgão.

No encontro, o MP recomendou o retorno das atividades escolares, deste segmento, de forma presencial. Após a solicitação, foi convocada para segunda-feira, 5 de abril, reunião do Comitê Especial de Enfrentamento à Covid para normalizar a medida.

Participaram do encontro o Prefeito Joacir Barbaglio (Joa), o Vice-Prefeito Professor Jacqueson, além das secretárias Municipais de Educação, Ana Paula Oliveira; de Saúde e Defesa Civil Izabel Mendonça, representantes das redes municipal e particular de educação, juntamente com os demais membros do comitê.

A Secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Ana Paula Oliveira, comentou sobre a decisão tomada pelo Executivo Municipal, com recomendação do Ministério Público.

“O Comitê Especial de Enfrentamento à Covid autorizou a abertura das escolas particulares em 25% da ocupação, iniciando a etapa da educação infantil, creche, pré-escola, ensino fundamente e ensino médio gradativamente, conforme a demanda das instituições de ensino particular”, comentou Ana Paula, durante uma live na rede social do Prefeito Joa.

Izabel Mendonça, Secretária de Saúde e Defesa Civil também se manifestou sobre o assunto e deu uma avaliação do sistema de saúde, e da questão pedagógica feita pelo comitê.

“Gradativamente, semana a semana, o município não entrando em bandeira roxa os outros segmentos vão dando continuidade  com 25% de ocupação”, enfatizou Izabel Mendonça.

Mostrando preocupação com a saúde dos profissionais da educação, mas acatando juntamente com o Comitê Especial de Enfrentamento à Covid, a recomendação do Ministério Público, Joa falou da importância da volta às aulas da rede pública em breve.

“A volta das aulas presenciais da rede privada foi muito difícil de ser tomada, estamos obedecendo a recomendação do Ministérios Público, mas sabemos que os alunos não estão sendo obrigados a voltar às aulas. Cada núcleo familiar decidirá se seu filho vai retornar à atividade presencial ou se prefere continuar com o ensino remoto. Devendo frisar que a direção de cada unidade particular irá respeitar o limite de 25% de ocupação. Por enquanto, estamos saindo da classificação de bandeira roxa para vermelha. Claro que estamos ansiosos para o retorno dos nossos alunos às escolas, mas isso somente será possível quando estiverem enquadradas num protocolo rígido de adequações e de medidas severas de segurança sanitária.”, finalizou Joa.

Na tarde desta terça-feira, representantes da Prefeitura se reuniram mais uma vez com representantes do Ministério Público de Três Rios e Petrópolis, na sede do Executivo Municipal, para as últimas tratativas sobre o tema e os desdobramentos desse retorno. O Ministério Público solicitou que assim que um novo decreto for publicado, o que acontecerá amanhã, 07, o documento seja encaminhado ao órgão.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com