Covid-19: Prefeitura de Três Rios irá intensificar a fiscalização no transporte coletivo, supermercados e agências bancárias

Executivo municipal dará início à Operação Covid-19

Na última quinta-feira, 18, o Governo do Município de Três Rios foi o anfitrião da reunião realizada no auditório da Faculdade Suprema, no bairro Cantagalo, que contou com a participação dos prefeitos das cidades vizinhas de Areal, Comendador Levy Gasparian e Sapucaia, componentes da Região médio Centro- Sul Fluminense. O objetivo do encontro, que teve também a participação do Secretário de Saúde de Paraíba do Sul, representando o município Sul-paraibano, foi anunciar o aumento de medidas de combate ao novo coronavírus. 

No mesmo dia, o Prefeito Joacir Barbaglio (Joa) assinou o Decreto 6509, que contempla novas medidas de enfrentamento à pandemia. O novo Decreto, que não revoga o Decreto 6497, mas adiciona algumas ações, tem um período de vigência de 22 de março a 29 e está disponível no site oficial da Prefeitura de Três Rios.

Transporte coletivo, supermercados e agências bancárias são focos do novo Decreto

Uma das medidas adicionadas no documento é o aumento da fiscalização no município, principalmente em relação ao transporte público, supermercados e agências bancárias do município, setores que têm causado muitas reclamações dos cidadãos trirrienses. Hoje, por exemplo, Três Rios conta com 15 agentes lotados na Secretaria Municipal de Fazenda e da Micro e Pequena Empresa e do Empreendedor e na Vigilância Sanitária. Com o novo Decreto, serão mais 25 agentes nas ruas e bairros aumentando o efetivo para 40.

A iniciativa faz parte da força tarefa montada para a Operação Covid-19, que será desempenhada durante os próximos dias. A fiscalização contará com apoio da Guarda Civil Municipal de Três Rios e, também, com a Polícia Militar. 

O Prefeito Joa, durante a cerimônia de reunião dos gestores municipais falou da sua preocupação e do avanço no número de infectados em Três Rios. 

“Estamos vivendo uma situação muito crítica. Não queremos que os nossos empresários, que o comércio, proprietários de bares, lanchonetes, restaurantes venham fechar. Serão apenas 7 dias de endurecimento nas restrições. Nosso sistema de saúde está em colapso, comprometendo o pronto atendimento à população. Além disso, os nossos idosos e a população mais jovem também estão se contaminando, causando uma sobrecarga no sistema. O momento é crítico, porém o enrijecimento é necessário e esses dias serão para que os indicadores, hoje elevados, caiam e assim vamos conseguir desafogar as UTI’s Covid em Três Rios”, destacou Joa, durante a reunião no auditório da Faculdade Suprema.

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com